Classe Executiva do Boeing 777 da American Airlines (Miami – Paris)

Depois da nossa rápida passagem por Miami, chegou o momento de embarcarmos para Paris no Boeing 777 da American Airlines.

As principais curiosidades são as de sempre: O assento era confortável? A aeronave estava bem conservada? A comida era boa? O pessoal de bordo foi cordial?

Ah! Tem aquela pergunta que não quer calar! O que aconteceu com a nossa mala que passou o dia no Aeroporto de Miami?

Nesse post responderemos a todas essas perguntas e mais. Confira!

1. Introdução

Se você não leu os posts anteriores e está um pouco perdido, disponibilizamos a seguir os links dos posts da série sobre nossa viagem para a França!

Aeroporto de Miami e Sala VIP Admirals Club D-30

Como é voar na Classe Executiva do Boeing 757 da American Airlines (Brasília – Miami)

Como aproveitamos nossas 9 horas em Miami (parte 1)

Como aproveitamos nossas 9 horas em Miami (parte 2)

Dicas para alugar carro nos Estados Unidos e nossa experiência em Miami (parte 1)

Dicas para alugar carro nos Estados Unidos e nossa experiência em Miami (parte 2)

2. Informações sobre o voo

Nosso voo foi o AA 62, que nos levou de Miami para Paris no dia 16/12/2015.

O voo estava previsto para decolar às 19h10 e teria 9h40 de duração.

Nossos assentos foram: 10D, 10E e 10G.

3. O Boeing 777 da American Airlines

Infelizmente, voamos em uma aeronave que tinha 16 anos de uso e ainda não havia passado por uma – mais do que necessária – renovação.

A aeronave contava com 247 assentos distribuídos em três classes de serviço com as seguintes características:

Características do Boeing 777 da AA
Características do Boeing 777 da AA

A imagem abaixo, retirada do site da AA, mostra o mapa de assentos da Classe Executiva.

Mapa de assentos da Classe Executiva do Boeing 777 da AA
Mapa de assentos da Classe Executiva do Boeing 777 da AA

4. Experiência a bordo

Já instalados em nosso assentos, começamos a tirar algumas fotos para mostrar a aeronave para você.

4.1. Assentos

As primeiras fotos são dos assentos da Classe Executiva:

Assentos Classe Executiva Boeing 777 da American Airlines
Assentos Classe Executiva Boeing 777 da AA
Assentos Classe Executiva Boeing 777 da American Airlines
Assentos Classe Executiva Boeing 777 da AA
Assentos Classe Executiva Boeing 777 da American Airlines
Assentos Classe Executiva Boeing 777 da AA
Assentos Classe Executiva Boeing 777 da American Airlines
Assentos Classe Executiva Boeing 777 da AA

As fotos deixam bem claro que os assentos são antigos e ultrapassados.

Aproveitamos para deitar o assento e mostrar que, em vez de virar uma cama, o assento vira um tobogã.

Assento na inclinação máxima - Boeing 777 da American Airlines
Assento na inclinação máxima

Como a aeronave ainda estava vazia, aproveitamos para tirar uma foto da classe econômica.

Assentos da Classe Econômica - Boeing 777 da American Airlines
Assentos da Classe Econômica – Boeing 777 da American Airlines
Assentos da Classe Econômica - Boeing 777 da American Airlines
Assentos da Classe Econômica – Boeing 777 da American Airlines

Não precisamos nem tecer comentários sobre o estado dos assentos, as imagens falam por si só.

Para não ficar só na crítica, mostramos a foto da Classe Executiva de um Boeing 777 da American Airlines que foi reformado recentemente (foto de divulgação). Bem distante da realidade de quem voou na aeronave antiga.

Foto divulgação: aa.com
Foto divulgação: aa.com

DICA!

Quando você for comprar uma passagem para viajar na classe executiva do Boeing 777 da American Airlines, observe o layout da cabine. Se for 2-3-2, a aeronave será antiga. Se for 1-2-1, a aeronave será a reforma.

4.2. Detalhes dos assentos

A seguir mostramos alguns detalhes dos assentos.

Começamos pelas telas do sistema de entretenimento.

Telas do sistema de entretenimento
Telas do sistema de entretenimento

A foto abaixo mostra o espaço para as pernas e a tela do sistema de entretenimento.

Espaço para as pernas
Espaço para as pernas

A seguir: controle do sistema de entretenimento, comandos do assento e tomadas:

Controle do sistema de entretenimento
Controle do sistema de entretenimento
Comandos do assento
Comandos do assento
Tomadas
Tomadas

Aproveitamos para tirar uma foto do símbolo da AA que fica atrás de cada assento.

Símbolo da AA
Símbolo da AA

4.3. Fones de ouvido e amenity kit

Os fones de ouvido oferecidos pela AA são da marca Bose, de alta qualidade! Notem que a AA oferece, caso o passageiro precise, um adaptador USB para a tomada.

Fones de ouvido e adaptador usb para tomadaFones de ouvido e adaptador usb para tomada
Fones de ouvido e adaptador USB para tomada
Fones de ouvido
Fones de ouvido

O amenity kit desse voo é o mesmo do voo que nos levou de Brasília para Miami (clique aqui para ver nosso post). Por isso, não tiramos foto dele. Mas você pode conferir as meias que fazem parte do amenity kit da AA:

Meias do amenity kit
Meias do amenity kit

4.4. Refeições

4.4.1. Petiscos

Logo depois do embarque, foram servidas bebidas, .

Suco de laranja para começar
Suco de laranja para começar

Pouco tempo depois da decolagem, foi a vez dos petiscos e de mais bebidas.

Petiscos e bebida
Petiscos e bebida
4.4.2. Jantar

Em seguida, foi iniciado o serviço do jantar.

Salada de quinoa com beterraba
Salada de quinoa com beterraba
Prato principal: filé grelhado
Prato principal: filé grelhado
Prato principal: frango
Prato principal: frango
Sobremesa: Sorvete e Cappuccino Mousse Cake
Sobremesa: Sorvete e Cappuccino Mousse Cake

O jantar, no geral, estava bom. E as sobremesas estavam particularmente ótimas!

4.4.3. Café da manhã

Pouco antes do pouso, foi servido o café da manhã:

Omelete
Omelete

5. Chegada em Paris

Quem viaja muito de avião tem uma preocupação a mais quando vai pousar nesses aeroportos enormes: será que vamos descer em uma ponte de embarque (finger) ou teremos de pegar ônibus para ir até o terminal?

Esse preocupação é ainda maior quando viajamos no inverno, pois, dependendo da temperatura, precisaremos estar bem vestidos para encarar o frio. Por isso, deixamos mais uma dica:

Dica: Quando você for viajar no período do frio, leve roupas adequadas com você no avião. Elas serão muito úteis caso a aeronave estacione em posição remota e você precise pegar o ônibus até o terminal. Ninguém quer ficar doente no início da viagem!!

Dito e feito! Nossa aeronave estacionou longe do terminal. Como estávamos preparados e o dia não estava tão frio, o passeio de ônibus pelo aeroporto acabou sendo interessante para quem gosta de ver os aviões de perto.

Olha aí nossa aeronave estacionada!


 

6. O que aconteceu com a mala que passou o dia em Miami

Finalmente, chegou a hora de mostrar para vocês o que aconteceu com a mala que passou o dia inteiro no aeroporto de Miami.

Depois de desembarcarmos e pegarmos o ônibus até o terminal, fomos para a esteira recuperar nossas malas. O desejo de sempre é ver todas as malas na esteira e em perfeito estado!

As duas malas que ficaram conosco durante o passeio por Miami chegaram inteiras e fechadinhas! Porém, como temíamos, a mala que foi despachada diretamente de Brasília para Paris chegou aberta.

Mala que passou o dia no aeroporto de Miami
Mala que passou o dia no aeroporto de Miami
Mala que passou o dia no aeroporto de Miami
Mala que passou o dia no aeroporto de Miami

Como você pode ver, o cadeado foi arrombado!

Nossa primeira reação foi abrir a mala para ver se tinha alguma coisa faltando. Felizmente, não havia nada de valor nessa mala, apenas roupas e tênis, e estava tudo lá. O único prejuízo foi o cadeado.

Um erro nosso foi não abrir uma ocorrência junto à American Airlines ainda no aeroporto. Estávamos com pressa, pois o voo chegou um pouco atrasado e um amigo já estava nos esperando no aeroporto. Por isso, tiramos as fotos para reclamar depois.

Alguns pontos que devem ser observados:

  • a única mala que foi arrombada foi a que passou o dia inteiro no aeroporto de Miami
  • o cadeado era TSA. Ou seja, se a mala tivesse sido aberta para uma verificação de segurança, o cadeado estaria intacto e fechado
  • quando um funcionário da TSA abre uma mala, ele deixa um papel com um aviso de que a mala foi vistoriada por questões de segurança. Isso já aconteceu conosco inúmeras vezes. No nosso caso, não havia nenhum aviso da TSA.

Resumindo, tudo indica que a mala foi arrombada no aeroporto de Miami enquanto estava sob responsabilidade da American Airlines.

Fizemos uma reclamação pelo SAC da AA e eles nos responderam pedindo para que entrássemos em contato com o Departamento de Bagagem local, em até 7 dias. Mas eles adiantaram que “A American Airlines não assume responsabilidade por danos como arranhões, desgastes, manchas, ranhuras, cortes e sujeira resultantes do desgaste normal, danos em cadeados, zíperes, alça e rodinhas. Mais informações  podem ser verificadas no endereço eletrônico : https://www.aa.com/i18n/travelInformation/baggage/baggageAllowance.jsp.

Como os danos eram muito pequenos, tentamos insistir pelo próprio SAC, mas como a resposta foi, novamente, para que entrássemos em com o Departamento de Bagagem local, deixamos o assunto de  lado e fomos aproveitar nossa viagem!

Então, fica o alerta: despachar a mala para o destino final e deixá-la passar o dia inteiro no aeroporto de Miami esperando uma conexão pode ser arriscado!

7. Conclusão

Voar nesse Boeing 777 da American Airlines com cabine antiga foi bem decepcionante. Assim como falamos no post sobre o voo no 757 que nos levou de Brasília para Miami, já passou da hora da AA reformar as cabines de todas as aeronaves de sua frota!

Os pontos fortes foram:

  • Atendimento dos comissários: atenciosos e cordiais.
  • Apesar da tela pequena, o sistema de entretenimento tinha boas opções de filmes.
  • As sobremesas estavam deliciosas!

Infelizmente, a cabine antiga pesou muito negativamente na nossa experiência bordo e nossa nota para esse voo é 5,5, numa escala de 0 a 10.

DICA: Você quer saber qual a melhor maneira de ir do Aeroporto Roissy/Charles de Gaulle para Paris? Então confira nosso post:

Como ir do Aeroporto Charles de Gaulle para Paris

Você já voou na Classe Executiva do Boeing 777 da American Airlines? Conte-nos como foi sua experiência!

Participe deixando sua sugestão, opinião, comentário ou dúvida no espaço abaixo!

Não perca nenhuma novidade! Cadastre seu e-mail na espaço localizado à esquerda.

Aproveite para curtir nossa página no Facebook e para nos seguir no Instagram.

Veja também minhas contribuições no tripadvisor e nosso canal no Youtube.

Post Author
Viajaromundo

Comments

6 Comments
  1. Publicado por
    Afonso
    abr 20, 2016 Reply

    Excelente post, Leo, bem detalhado, parabéns! Gostei principalmente das dicas!

    • Publicado por
      Viajaromundo
      abr 20, 2016 Reply

      Obrigado, Afonso.
      É muito bom saber que nossas dicas estão ajudando nossos leitores.
      Abraço,

      Equipe Viajaromundo.com

  2. Publicado por
    Fábio
    jul 4, 2016 Reply

    Olá, ótimo post!

    Farei um vôo de SP à Paris com parada em Dallas… a conexão será de 10 horas e quero visitar a cidade.

    A atendente da AA me disse que poderei despachar minha mala direto à Paris, porém fique preocupado com a possibilidade de abrirem minha mala e roubarem meus pertences.

    Somente levarei roupas, mas é desagradável você descobrir que mexeram em seus pertences.

    O que você me sugere à fazer??? Nos aeroportos americanos existem lockers?

    Obrigado pela ajuda

    • Publicado por
      Viajaromundo
      jul 4, 2016 Reply

      Boa tarde, Fábio.

      Que bom que você gostou do post!
      Infelizmente, nunca passei pelo aeroporto de Dallas e não sei se ele tem histórico de arrombamento de malas. O aeroporto de Miami é famoso pelos riscos às bagagens, foi inclusive uma pessoa da AA que me alertou sobre isso. Se bem que tenho amigos que passaram por Miami para ir para Paris, depois de mim, despacharam as malas direto e não tiveram problemas.
      Acredito que uma forma de tentar previnir a abertura das malas seria plastificá-las.
      Por fim, esse site – http://www.sleepinginairports.net/usa/dallas.htm#servicesFacilities -, diz que não há lockers no aeroporto de Dallas. Uma pena, pois seria uma boa opção.
      Espero ter ajudado!
      Leonardo

  3. Publicado por
    Fábio
    jul 4, 2016 Reply

    Léo,

    Tenho uma outra pergunta…

    Você percebeu outros brasileiros fazendo o percurso do Brasil para Europa, via Estados Unidos?

    Na hora da imigração você informou que somente estava fazendo uma conexão?

    Obrigado,

    • Publicado por
      Viajaromundo
      jul 4, 2016 Reply

      Olá Fábio.

      Conheço vários brasileiros que fizeram esse mesmo trajeto (Europa via EUA) devido ao “promobug” da AA. Todos eles passaram tranquilamente pela imigração nos EUA, tanto na ida quanto na volta, bastou explicar que estavam em conexão.
      Abraço,

      Leonardo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@viajaromundo

Confira mais fotos em nosso Instagam

Siga o nosso Instagram