Os cinco principais riscos de investir em milhas da TAP

O post de hoje é sobre um assunto que volta ao centro das discussões sempre que o programa Livelo lança uma promoção de transferência de pontos com até 100% de bônus para o Programa TAP Miles&GO. Diversos amigos e seguidores me perguntam: vale a pena? Por isso, decidi colocar algumas das minhas reflexões “no papel” e hoje conto para você quais são, no meu ponto de vista, os cinco principais riscos de investir em milhas da TAP.

1. Introdução

Quem conhece bem o mundo das milhas sabe: milhas do programa TAP Miles&Go são uma ótima ferramenta para viajar, de executiva, para a América do Norte por um custo muito baixo. Passagens que custariam entre R$ 10 mil e R$ 20 mil, podem custar menos de R$ 2 mil! E como você verá neste post, a diferença de preço pode ser ainda maior!

Sites especializados disponibilizam guias que facilitam bastante a utilização dessas milhas. O melhor deles ensina a utilizar o site da United Airlines para pesquisar a disponibilidade de passagens nos voos das cias aéreas da Star Alliance e da Azul.  Mas, antes de investir, é muito importante conhecer os riscos, dificuldades e limitações dessa empreitada.

Com base nas dúvidas de seguidores, amigos, familiares e na experiência que adquiri com minhas próprias emissões, decidi compartilhar alguns alertas e dicas com você!

Clique aqui, cadastre-se no Airbnb e ganhe até R$ 179,00 de desconto no seu primeiro aluguel!

Airbnb_Logo-Desconto

2. Minha experiência emitindo passagens pelo TAP Miles&Go

A melhor maneira de compartilhar minha experiência é contando uma rápida história para você.

Amanhecer no litoral de Santa Catarina - Os quatro principais riscos de investir em milhas da TAP. Blog Viajar o Mundo.
Amanhecer no litoral de Santa Catarina

2.1. A primeira promoção Livelo – TAP Victoria

A primeira vez que participei de uma promoção Livelo/TAP Victoria, esse era o nome do programa da cia aérea portuguesa à época, foi no dia 12/6/2017. Lembro-me bem, foi a promoção de Dia dos Namorados, eu estava em Florianópolis. A família toda viajou para o casamento do meu irmão, que aconteceu dois dias antes. Abri meu notebook no café da manhã, com vista para o mar e me preparei para transferir 165 mil milhas do Programa Livelo para o TAP Victoria.

Aproveitando a Promoção Livelo - TAP Victoria no Dia dos Namorados de 2017 - Os quatro principais riscos de investir em milhas da TAP. Blog Viajar o Mundo.
Aproveitando a Promoção Livelo – TAP Victoria no Dia dos Namorados de 2017

O bônus oferecido para os Clientes Clube Livelo era de 100% e parte das milhas haviam sido compradas, alguns dias antes, com 50% de desconto (também para clientes clube Livelo). Uma combinação incrível: milhas compradas com 50% de desconto e transferidas com 100% de bônus. E, nem precisei comprar todas as 165 mil milhas, pois já tinha muitas milhas acumuladas no cartão.

O objetivo da transação era completar meu saldo no programa de milhagens da TAP e ter milhas suficientes para emitir três passagens de ida e volta, na Classe Executiva, para a Europa! Sim, isso já foi possível um dia. Passagens de ida e volta para a Europa, na Classe Executiva e na alta temporada, custavam apenas 110 mil milhas. Hoje, depois de alterações na tabela do TAP Miles&Go, essas passagens não saem, em regra, por menos de 230 mil milhas.

2.2. A primeira emissão de bilhetes pelo TAP Victoria

No final das contas, por conta de uma viagem de última hora, acabei utilizando parte das milhas para fazer uma viagem para os EUA com a minha esposa. Os trechos emitidos foram:

Como a emissão foi de última hora, acabei não aproveitando todos os benefícios oferecidos pelo programa, como stopover*, open jaw* e até seis trechos por bilhete. Mas, por conta da forma como as milhas foram geradas, cada bilhete custou menos de R$ 1.500,00, já considerando as taxas aeroportuárias. Se eu fosse pagar pelas passagens, elas não custariam menos de R$ 10 mil. Um ótimo negócio!

* Vou explicar melhor esses termos mais à frente neste post.

Esse foi só o início. Depois disso, a TAP alterou a tabela de emissões, outras promoções aconteceram e nunca mais deixei de ser cliente Clube Livelo.

Para não me alongar muito, falarei das minhas outras emissões ao longo deste post, quando for falar de cada risco.

3. Os principais riscos de investir em milhas da TAP

Com base nessa experiência de mais de dois anos, gostaria de compartilhar com você alguns riscos e limitações de utilizar as milhas da TAP, mais particularmente para viajar na Classe Executiva de cias aéreas parceiras para a América do Norte.

3.1. Possibilidade de mudanças na tabela do programa TAP Miles&Go

O maior risco de todos, sem dúvida o mais temido pelos “milheiros”, é a possibilidade de a TAP alterar a tabela de emissão de passagens do seu programa Miles&Go. Isso já ocorreu nesses últimos 2 anos e nada impede que possa voltar a acontecer em um futuro próximo.

Como falei anteriormente, a última mudança tornou a emissão de passagens para a Europa muito cara (acréscimo superior a 100%) e ocasionou um leve aumento na tabela de emissões para a América do Norte. Lembrando que sempre me refiro a passagens saindo do Brasil. Nesse último caso, o bilhete de ida e volta, na Classe Executiva, para a América do Norte, sofreu um reajuste de 11%: passou de 90 mil para 100 mil milhas. Valor que continua sendo competitivo quando comparado com as tabelas de outros programas.

Tabela atual TAP Miles&Go: Classe Executiva - cias parceiras Star Alliance (ida e volta) - Fonte: flytap.com - Março/2019 - Os quatro principais riscos de investir em milhas da TAP. Blog Viajar o Mundo.
Tabela atual TAP Miles&Go: Classe Executiva – cias parceiras Star Alliance (ida e volta) – Fonte: flytap.com – Março/2019

Ou seja, o primeiro grade risco é que você concentre suas milhas no TAP Miles&Go e que a TAP altere a tabela de emissão. Se a quantidade de milhas necessárias para emitir a passagem que você deseja subir demais, sua viagem pode ficar inviabilizada ou pode custar bem mais caro que o previsto.

Atenuante: normalmente a TAP informa seus clientes sobre essas mudanças com certa antecedência. Sendo assim, você tem a oportunidade de tentar emitir as passagens antes do aumento. Por outro lado, você pode ser forçado a emitir suas passagens sem o devido planejamento e não aproveitar suas milhas da melhor maneira possível.

3.2. Indisponibilidade de passagens nas datas que você precisa

O segundo risco é, na verdade, algo muito comum e ocorre com praticamente todos os programas de milhagem: a disponibilidade de passagens é limitada, sobretudo na classe executiva, e você pode não encontrar passagens para as datas que você precisa.

Esse é um exemplo do que você vai encontrar caso busque – hoje, 4/3/2019 – um voo direto São Paulo – Toronto na classe executiva da Air Canada.

Disponibilidade passagens GRU-YYZ (Air Canada, Classe Executiva) - Fonte: united.com
Disponibilidade passagens GRU-YYZ (Air Canada, Classe Executiva) – Fonte: united.com

Minha experiência emitindo passagens pela Air Canada na alta temporada é a seguinte: a oferta de assentos é pequena e você precisa reservar com antecedência. Além disso, você precisar ser flexível com relação às datas!!

Por falar em experiência, vamos para mais uma historinha. Em 2018, emiti três bilhetes para viajar para o Canadá. A emissão seria para três adultos e meus planos eram de ir e voltar na Classe Executiva da Air Canadá e eu gostaria de viajar por volta do dia 12/7 e voltar por volta do dia 25/7/2018. Iniciei minhas pesquisas na segunda semana de janeiro e percebi logo de cara que meus planos teriam de mudar, mesmo procurando as passagens com 6 meses de antecedência.



Foram sete dias de pesquisas, alguns voos foram acabando com o passar dos dias e a viagem virou um verdadeiro quebra cabeças. Resumindo bastante, isso foi que aconteceu: precisei adiar a ida em 10 dias e a volta 14 dias! Executiva, só na ida e a volta, só passando pelos EUA. Os trechos emitidos foram os seguintes:

Pelo menos, dessa vez aproveitei praticamente todos os benefícios do programa TAP Miles&Go:

  • Fiz um stopover: passamos 12 dias no Canadá antes de seguir viagem para os EUA
  • Fiz um open jaw: ou seja, o destino final da ida, Fort Lauderdale, foi diferente da origem da volta (Miami)
  • Misturei cias parceiras diferentes em um mesmo bilhete
  • Emiti 5 trechos, sendo que o máximo são seis

Só para dar uma ideia de custo, essas passagens saíram por menos de R$ 1.700,00 (já levando em conta todas as taxas, inclusive a taxa de emissão Miles&Go). Na época, fiz uma simulação e, caso eu fosse pagar pelos mesmos voos, o bilhete custaria cerca de R$ 25 mil!

Ainda falando de disponibilidade de voos, minha experiência diz que é muito difícil conseguir voos internos nos EUA na First da United. Até hoje, só encontrei disponibilidade dessas passagens na econômica. Isso aconteceu nas pesquisas que já fiz nos anos anteriores e nas minhas emissões do início deste ano.

Resumindo, se sua flexibilidade para viajar é pequena, você pode ter muita dificuldade para utilizar suas milhas da TAP.

Atenuante: se você tem menos flexibilidade e quer muito fazer os voos internacionais na Classe Executiva, a Copa Airlines provavelmente será sua salvação. A disponibilidade de passagens pela Copa, tanto na executiva quanto na econômica, costuma ser relativamente alta. Mas isso tem um motivo, relatos de amigos e de blogueiros mostram que a Copa oferece um serviço bem inferior ao das demais cias da Star Alliance que voam para a América do Norte. Como sempre evitei a Copa Airlines, não posso emitir minha opinião sobre a cia panamenha.

3.3. A emissão das passagens é feita por telefone

É isso mesmo que você leu. Para emitir passagens com cias parceiras da TAP, você precisará ligar para a central da TAP e conversar com os atendentes portugueses do TAP Miles&Go. O processo é demorado e, muitas vezes, não é fácil entender o português de Portugal. E, se você não tiver utilizado um dos guias disponíveis na Internet que ensinam a utilizar o site da United para verificar a disponibilidade de passagens das cias aéreas da Star Alliance, a emissão se torna complicada. O sistema da TAP deve ser pouco intuitivo e a pesquisa por voos não deve ser nem um pouco prática para os atendentes do próprio Miles&GO.

Contatos TAP Miles&Go. Blog Viajar o Mundo.
Contatos TAP Miles&Go

Nas quatro vezes que telefonei para emitir minhas passagens, eu tinha feito meu dever de casa, pesquisei a disponibilidade de voos no site da United, tinha todos os voos anotados e o tempo total de atendimento foi de cerca de 1 hora.

Se você não souber exatamente os voos que você quer, a emissão pode ser bem mais demorada. Para dar uma ideia das dificuldades que podem ocorrer, em uma das ligações, precisei informar o código do aeroporto de Toronto, pois o atendente estava usando o código de outro aeroporto e não estava achando a passagem que eu queria.

Resumo: o sistema da TAP é bem arcaico e a emissão é demorada e feita somente por telefone. Se você não fizer uma busca prévia para encontrar os voos que te atendem, você talvez não consiga emitir suas passagens.

Infelizmente, para esse risco, não há atenuantes.

3.4. Alterações em voos e reemissão do bilhete

Aqui vai um grande alerta com relação às passagens emitidas com milhas da TAP em voos de cias aéreas parceiras: se houver alteração em algum voo do seu bilhete, você precisará aceitar a alteração e reemitir o bilhete! Parece algo simples, mas é aí que começam os problemas.

Primeiro, a TAP Miles&Go não avisa seus clientes sobre alterações nos bilhetes. Ou seja, se você não verificar sua reserva de tempos em tempos, você provavelmente não saberá se houve alguma alteração nos seus voos.

Segundo, você precisará entrar em contato com a central do TAP Miles&Go para reemitir seu bilhete! Parece algo simples, mas é um trabalho a mais que poderia ser facilmente evitado caso houvesse uma opção de aceitar as alterações no site do próprio Miles&Go.

Qual é o risco de alterarem um dos seus voos e de você não entrar em contato com o Miles&Go para reemitir seus bilhetes? Na prática, não sei, pois nunca paguei para ver. Mas, minha experiência foi a seguinte: na viagem que fizemos para o Canadá no ano passado, houve uma alteração no nosso voo de volta de Miami para Guarulhos. Só descobri a alteração porque entrei na minha reserva e a alteração estava destacada no detalhamento dos voos. E, como falei anteriormente, a TAP não me avisou da alteração.

Sem saber o que fazer, pensei em deixar a reserva como ela estava, mas fiquei com receio e liguei para a central TAP Miles&Go. Para a minha surpresa, a atendente me perguntou se eu aceitava a alteração no voo e me disse que foi bom eu ter telefonado, pois, se eu não reemitisse os bilhetes, eles não seriam válidos! Já imaginou eu chegar com a minha família no aeroporto e não conseguir viajar por conta de um bilhete inválido??

Você pode estar se dizendo: ah, mas alterações de voos devem ser raras. Em janeiro deste ano, emiti passagens com milhas TAP Miles&Go. Em menos de 2 meses, meus voos já foram alterados duas vezes! Nas duas vezes, aceitei as alterações e reemiti os bilhetes.

Atenuantes:

  1. Para contornar a negligência do TAP Miles&Go, que não informa seus clientes sobre alterações nos voos, basta você se cadastrar no site CheckMyTrip, registrar seu bilhete e ativar as notificações de alterações. Sempre que houver alguma alteração na sua reserva, o ChekMyTrip vai te mandar um e-mail avisando.
  2. Se você tiver um voo da Avianca Brasil no seu bilhete, você pode utilizar o site da cia aérea brasileira para aceitar a alteração e reemitir seus bilhetes. Basta clicar em “Minhas reservas” e utilizar o código de reserva da Avianca Brasil (O6). O resto do processo será bem intuitivo.

***Atenção: hoje, 11/3/2019, entrei na minha reserva e percebi que houve uma pequena alteração em um dos meus voos pela United. Curiosamente, o CheckMyTrip não me mandou notificação sobre essa alteração. Ou seja, mesmo cadastrando sua reserva no CheckMyTrip, recomendo que você verifique sua reserva de vez em quando.

3.5. A temida taxa de combustível (YQ)

Cada vez mais cias aéreas têm cobrado a chamada “taxa de combustível”, além das taxas aeroportuárias, na emissão de passagens com milhas.

No caso de viagens para a América do Norte, até onde eu sei, somente a Air Canada, das cias da Star Alliance, está cobrando essa taxa. Quando emiti as passagens para minha próxima viagem, tive de pagar a referida taxa. Foram 130 euros por pessoa, uma valor relativamente alto.

Porém, esse valor da taxa de combustível se torna irrisório quando se compara o custo real das passagens ao custo da emissão com milhas. No caso dessa emissão, fiz uma simulação de quanto custaria para comprar os mesmos voos em dinheiro e pasmem: o bilhete que custou cerca de R$ 2.200,00 (com todas as taxas inclusas) custaria R$ 36.800,00!

Por fim, cabe lembrar que, de acordo com a legislação brasileira, essa taxa não pode ser cobrada e você pode até questioná-la na justiça. Porém, é mais uma dor de cabeça e nada garante que você vai ter sucesso. Sobre esse assunto, compartilho um artigo que escrevi há algum tempo: TAP é condenada a ressarcir taxa de combustível.

O risco, nesse caso, é que mais cias aéreas passem a cobrar a referida taxa e que suas passagens custem mais caro que o esperado.

Está pensando em alugar um carro na sua próxima viagem? Clique no banner abaixo e aproveite ótimos preços!

3.6. Outros riscos

Existem mais alguns problemas que podem ocorrer por conta, entre outros motivos, do sistema utilizado pelo TAP Miles&Go. Ele parece ser bem ultrapassado e dá margem para erros curiosos.

Como sempre ajudo e converso com dezenas de seguidores, amigos e familiares, já ouvi relatos curiosos. Um deles foi com relação à validade das milhas transferidas, sobretudo a validade dos bônus. Sobre esse assunto, compartilho um artigo que escrevi: Alerta! Validade das milhas bônus Promoção Livelo BB Estilo Dia dos Namorados e TAP Victoria.

4. Conclusão

Como você pôde perceber, a combinação Livelo – TAP Victoria pode ser um ótimo investimento, mas como todo bom investimento, há risco! E é importante você conhecer bem esses riscos e avaliar se está disposto a encará-los.

Minha ideia com este post não foi desanimá-lo, mas compartilhar os principais riscos de se investir em milhas da TAP e te dar mais elementos para decidir se você deve ou não concentrar suas milhas no Programa TAP Miles&Go.

É sempre bom lembrar, se você conseguir aproveitar ao máximo as promoções envolvendo Livelo e TAP Miles&Go, sua economia pode impressionante!

Caso você conheça algum outro risco ou tenha alguma experiência que possa ser útil para todos nós, deixe seu comentário no final deste post. Sua participação será muito bem vinda!

Fique atento, cadastre seu e-mail na nossa newsletter e fique sempre atualizado!

Leia também nossos posts sobre as mais diversas companhias aéreas!

Air France       American Airlines       Austrian Airlines      Avianca Brasil

Air Canada    Air Canada Rouge   Azul     British Airways     Delta Airlines  

Easyjet    Garuda     KLM     Latam     TAP     United

Clique aqui e aproveite para conferir nossos posts sobre diversas Salas VIP pelo mundo!

Aproveite para curtir nossa página no Facebook e para nos seguir no Instagram.

Veja também minhas contribuições no tripadvisor e nosso canal no Youtube.

Post Author
Leonardo Sousa

Comments

4 Comments
  1. Publicado por
    Guilherme B Netto
    mar 10, 2019 Reply

    Meus parabéns pelo completíssimo post!
    Eu me considero razoavelmente versado em milhas TAP, mas voce me alertou de ao menos um ponto de risco que me escapava. Sua matéria está ótima e coloca o leitor inteiramente a par dos benefícios e riscos dessa empreitada. Certamente, vou reler esse post algumas vezes no futuro para tratar e reduzir os riscos. Gostei imensamente das atenuantes que voce registrou, em especial do Checkmytrip. Vou seguir o seu conselho agora mesmo, pois tenho duas passagens bilhetadas para o 2o semestre. Obrigado e abraco.

    • Publicado por
      Viajaromundo
      mar 10, 2019 Reply

      Que bom que você gostou das dicas, Guilherme!

  2. Publicado por
    Eloi
    mar 15, 2019 Reply

    Parabéns Leo! Excelente artigo, muito completo. Nunca emiti pela TAP mas foi bom saber dos riscos. Muito lúcida as suas ponderações é muito diferente desses blogueiros de viagens que falam da emissão de milhas pela TAP so pra fazer Jabá.

    • Publicado por
      Leonardo
      mar 16, 2019 Reply

      Boa tarde, Eloi.

      Que bom que você gostou do artigo.
      Essa combinação Livelo/TAP Miles&Go é uma ótima oportunidade de viajar para a América do Norte de Executiva. Porém, achei importante alertar meus leitores sobre os riscos que as milhas da TAP podem oferecer. De posse desse conhecimento, as pessoas podem fazer uma avaliação mais ponderada se vale à pena ou não investir nessas milhas.
      Não me agrada a ideia de que as pessoas comprem ou transfiram milhas na empolgação e depois fiquem chateadas por não conseguirem utilizá-las como gostariam.
      Obrigado pelo feedback!
      Abraço,

      Leo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@viajaromundo

Confira mais fotos em nosso Instagam

Siga o nosso Instagram