O que fazer em Budapeste

Em abril visitamos a bela capital da Hungria e hoje contaremos para você o que fazer em Budapeste. As atrações que visitamos são ideais para quem tem 2 ou 3 dias em Budapeste e quer conhecer os belos monumentos da cidade.

Confira!

1. Introdução

Budapeste é uma das mais belas cidades da Europa. Repleta de belos monumentos, escolher o que fazer em apenas dois dias, na capital da Hungria, pode ser uma tarefa desafiadora.

Neste post, vamos compartilhar as atrações imperdíveis que vistamos durante nossa rápida passagem por Budapeste.

Período da viagem: 5 a 7/4/2019

2. O que fazer em Budapeste

Dentre as diversas atrações de Budapeste, nós escolhemos algumas consideradas imperdíveis e que cabiam no tempo que tínhamos na cidade.

E aí? Pronto para descobrir o que fazer em Budapeste? Então, vamos lá!

2.1. Basílica de Santo Estêvão

A primeira atração que visitamos foi a Basílica de Santo Estêvão, o maior edifício religioso da Hungria.

O interior da basílica é muito bonito e o acesso é gratuito!

O que fazer em Budapeste - Basílica de Santo Estêvão - Blog Viajar o Mundo
Basílica de Santo Estêvão

Caso tenha interesse, é possível subir a torre direita da basílica. A subida pode ser feita de escada ou de elevador e o preço, para ter uma bela vista panorâmica de Budapeste era 500 florins, em abril/2019.

2.2. Passeio noturno de barco pelo Rio Danúbio

Depois de visitar a Basílica de Santo Estêvão, jantamos no restaurante Akademia Italia Budapest e caminhamos pela cidade em direção ao Rio Danúbio. No caminho, passamos pela bela Erzsébet Square, uma praça cuja atração principal é a Danubius Fountain. Na foto abaixo, capturei a Danubius Fountain com a roda gigante Budapest Eye ao fundo:

Erzsébet Square - Danubius Fountain com Budapest eye ao fundo. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo
Erzsébet Square – Danubius Fountain com Budapest Eye ao fundo

Nós compramos nosso passeio de barco no site da Civitatis e, como nosso barco (operado pela Danube Legend) ficava no cais número 7 de Vigadó tér, no caminho ainda passamos pela Belgrad Rakpart, uma rua para pedestres, paralela ao Rio Danúbio, repleta de opções de comida de rua.

A imagem abaixo mostra nosso tíquete, para duas pessoas. Observe que o preço era válido para abril/2019.

Tíquetes - Passeio de barco pelo Danúbio. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo
Tíquetes – Passeio de barco pelo Danúbio

Nosso passeio estava marcado para as 21h, mas quando chegamos ao local de partida, às 20h30, já havia muita gente aguardando o embarque, que se iniciou por volta das 20h45.

Os passeios de barco pelo Danúbio estão disponíveis ao longo do dia, porém, nós escolhemos o passeio noturno para apreciar a iluminação dos diversos prédios que ficam às margens do rio e não nos arrependemos!

Passeio de barco pelo Danúbio. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo
Passeio de barco pelo Danúbio
Passeio de barco pelo Danúbio. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Passeio de barco pelo Danúbio

Para quem fica dentro do barco, o reflexo das luzes nas janelas atrapalham um pouco. A solução é ficar em um assento onde é possível abrir um pouco a janela ou ir para a parte externa, que é pequena. Em ambos os casos, dependendo da época do ano, o frio pode ser um grande obstáculo!

2.3. Visita guiada pelo Parlamento Húngaro

Na manhã do segundo dia, levantamos cedo e caminhamos até o Parlamento Húngaro.

No caminho, passamos pela Liberty Square, uma praça com monumentos que representam cerca de 250 anos da história da Hungria e de Budapeste. Dois exemplos são o Memorial da Guerra Soviética e o Monumento da Ocupação Alemã, mostrados nas fotos abaixo:

Memorial da Guerra Soviética. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo
Memorial da Guerra Soviética
Monumento da Ocupação Alemã. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Monumento da Ocupação Alemã

Em seguida, fomos direto para o Parlamento Húngaro e descemos as escadas para chegar ao local onde as visitas se iniciam.

Nós compramos nossos ingressos para a visita guiada no site do Parlamento Húngaro. O preço do ingresso abaixo era o vigente em abril/2019:

Visita guiada - Parlamento Húngaro. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Visita guiada – Parlamento Húngaro

A visita guiada demora cerca de 50 minutos e é muito interessante. O Parlamento é muito bonito por fora e lindo por dentro!

Visita guiada - Parlamento Húngaro. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Visita guiada – Parlamento Húngaro
Visita guiada - Parlamento Húngaro. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Visita guiada – Parlamento Húngaro

2.4. Sapatos à Beira do Danúbio

Após a visita guiada, caminhamos às margens do Danúbio, de onde tivemos uma vista diferente do Parlamento:

Parlamento Húngaro. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Parlamento Húngaro

A cerca de 200 metros do Parlamento, você encontra outro ponto famoso e curioso de Budapeste: Sapatos à Beira do Danúbio, um memorial para homenagear os judeus que foram mortos por fascistas da Arrow Cross em Budapeste durante a Segunda Guerra Mundial.

Sapatos à Beira do Danúbio. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Sapatos à Beira do Danúbio

2.5. Mercado Central de Budapeste

Construído em 1897, o prédio do Mercado Central de Budapeste foi muito danificado durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de ter sido declarado em ruína em 1991, ele foi reformado em 1994.

Mercado Central de Budapeste. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Mercado Central de Budapeste

O mercado pode ser visitado todos os dias da semana, exceto aos domingos. No andar de cima há alguns restaurantes. Apesar do movimento intenso, das filas grandes e da dificuldade de encontrar um local para sentar, decidimos ter um pouco de paciência e encarar uma comida típica da cidade, que estava bem saborosa.

Mercado Central de Budapeste. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Mercado Central de Budapeste

2.6. Citadella

Assim que saímos do Mercado Central, buscando o que fazer em Budapeste, atravessamos a Ponte da Liberdade (Szabadság híd) e iniciamos uma longa e íngreme subida para o ponto mais alto da cidade: a Citadella.

Vários mirantes estão disponíveis ao longo da subida proporcionando belas vistas da cidade! Ainda no início da subida, é possível avistar o extremo sul da cidade e a Ponte da Liberdade:

Ponte da Liberdade (ou Szabadság híd). O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Ponte da Liberdade (Szabadság híd)

Na área da Citadella, existe uma fortaleza, construída em 1854 para funcionar como um ponto de vigilância. A fortaleza tem 220 metros de comprimento, 60 metros de largura e muros de 4 metros de altura. É possível visitar a fortaleza ao preço de 1.200 florins (válido para abril/2019).

A foto abaixo mostra a vista de mais um dos mirantes. Nela é possível ver as partes central e norte da cidade e a Ponte de Elisabeth.

Vista da Citadella - Elisabeth Bridge. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Vista da Citadella – Elisabeth Bridge

A descida em direção à Ponde de Elisabeth também propicia vistas lindas de Budapeste, de pontes e de monumentos como o Castelo de Buda. No caminho, passamos pelo Monumento a Gerard De Csanád (foto abaixo) e nos sentamos em um mirante para contemplar a bela vista e curtir o momento.

Monumento a Gerard De Csanád. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Monumento a Gerard De Csaná

2.7. Praça dos Heróis

Depois de caminhar bastante durante o dia, voltamos para o apartamento, nos arrumamos e pegamos o carro para ir até a Praça dos Heróis. A praça fica a cerca de 3,5 km a nordeste do centro de Budapeste. A maneira mais prática de ir até lá é de metrô e descer na parada Hősök Tere, da linha amarela M1.

Foi muito legal ir à praça à noite. Como você pode ver nas fotos a seguir, as duas principais atrações Budapest sign e Millennium Monument estavam lindas por conta da iluminação.

Budapest - Praça dos Heróis. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Budapest – Praça dos Heróis
Millennium Monument. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Millennium Monument

A Praça dos Heróis é cercada de atrações: Museu de Belas Artes, o Museu de Arte Contemporânea Kunsthalle e o Parque da Cidade (Parque Városliget), onde fica o Castelo de Vajdahunyad, as Termas de Széchenyi, o Jardim Botânico e o Zoológico.

2.8. Castelo de Buda

No dia seguinte, fomos para a região do Castelo de Buda. A subida é longa e pode ser feita pelas escadas, ao lado da Ponte das Correntes, pelo Funicular Budavári Sikló ou pela ladeira que fica ao lado do Funicular.

Além do Castelo de Buda, que hoje abriga a Biblioteca Széchenyi, a Galeria Nacional Húngara e o Museu de História de Budapeste, há duas outras atrações bem famosas na região: a Matthias Church e o Bastião dos Pescadores. E, para chegar até elas, você caminhará por belas ruazinhas repletas de lojas e restaurantes.

Matthias Church. O que fazer em Budapeste. Blog Viajar o Mundo.
Matthias Church

 


 

 

 

 

 

 

Uma das ruas mais bonitas da região, sobretudo durante a primavera, é a Tóth Árpád sétány, que você confere na foto abaixo:


 

 

 

 

 

3. Conclusão: o que fazer em Budapeste

Budapeste é uma das mais belas capitais europeias. Repleta de monumentos e vistas impressionantes, a iluminação de seus monumentos é mais uma atração imperdível na noite da capital da Hungria.

Dependendo do seu perfil, dois dias são suficientes para caminhar pela cidade e visitar algumas das atrações. Mas, para quem gostar de passear com calma, o ideal é separar pelo menos quatro dias!

Você já visitou Budapeste? Tem alguma dica para compartilhar conosco sobre o que fazer em Budapeste? Ficou com alguma dúvida?

Então deixe seu comentário no final deste post sobre o que fazer em Budapeste!

Para receber nossas atualizações, basta cadastrar seu e-mail na nossa newsletter!

Está pensando em alugar um carro na sua próxima viagem? Clique no banner abaixo e aproveite ótimos preços!

Leia também nossos posts sobre várias regiões e cidades do mundo!

Amsterdã           Atlanta          Barcelona          Brasília     Bratislava      Bretanha

Chicago          Curitiba     Dallas     Filadélfia          Kuala Lumpur          Londres

Lyon          Madri          Miami         Montreal       Mulhouse          Nantes        Nova York         

Paris      Roma      Quioto      San Antonio     Tóquio      Toronto         Viena          Washington – DC

Aproveite para curtir nossa página no Facebook e para nos seguir no Instagram.

Veja também minhas contribuições no tripadvisor e nosso canal no Youtube.

Post Author
Leonardo Sousa

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

@viajaromundo

Confira mais fotos em nosso Instagam

Siga o nosso Instagram